Futebol

Brasileiro é vítima de racismo da própria torcida na Espanha; veja

Paulão foi expulso na derrota do Bétis para o Sevilla e saiu de campo chorando ao ser alvo de ofensas racistas

Redação iBahia (esportes@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O zagueiro brasileiro Paulão, do Bétis, foi vítima de racismo durante um jogo do Campeonato Espanhol, nesse domingo (24). Expulso aos 41 minutos do primeiro tempo na derrota do seu time para o Sevilla, por 4 a 0, saiu de campo chorando. Além das vaias, a torcida do Bétis imitou um 'macaco' juntamente com palavras ofensivas direcionadas ao atleta. Paulão joga no clube espanhol desde janeiro de 2012. Natural de Lagoa Santa, em Minas Gerais, ele jogou por equipes como Atlético-MG e Gama no futebol brasileiro. Na Europa, já atuou pelo Saint-Étienne, da França, e pelo Braga, de Portugal.


Veja o vídeo



Leia mais

STJD vai analisar polêmica frase de Júlio Baptista, mas procurador não acredita em facilitação