Futebol

Bruno Gissoni critica o Flamengo por publicar foto de Bolsonaro e Moro: 'que vergonha'

Ator deixou três comentários no Instagram para demonstrar sua indignação

Agência O Globo
- Atualizada em


A publicação de uma foto do presidente Jair Bolsonaro com a camisa do Flamengo ao lado do ministro da Justiça, Sérgio Moro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, revoltou Bruno Gissioni. O ator deixou três comentários na postagem feita pelo perfil oficial do Rubro-Negro no Instagram para demonstrar sua indignação e chamar de “vergonha”.

Fotos: Reprodução/Instagram

O artista, que é flamenguista, disse que “prefere Pará para o resto da história” do que ver um registro desse postado na rede social da equipe. “Que vergonha! Apaga! O que passa na cabeça de vocês!? Prefiro o Pará Titular para o resto da história do Flamengo”, disse no primeiro comentário. “Diz que o insta foi hackeado! Nojo!”, escreveu uma segunda vez antes de finalizar: “Um comentário só não basta, Vocês estão de sacanagem!”.

Antes da vitória por 2 a 0 sobre o CSA, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, Bolsonaro ganhou um uniforme vermelho e preto e um branco autografado, que utilizou quando o jogo começou. Ele chegou a segurar o escudo e se posicionar de pé para fotos do público e da imprensa. Já Moro foi mais discreto.

O presidente é declarado torcedor do Palmeiras, enquanto o ministro já foi visto na Arena Da Baixada acompanhando o Athletico-PR. Quem também foi presenteado com o uniforme foi o vice-presidente Hamilton Mourão, que é torcedor do Flamengo confesso.