Futebol

Com gol de Danilinho, nos acréscimos, Vitória vence o Botafogo

Leão conseguiu a virada aos 49 minutos do segundo tempo e se afastou da zona de rebaixamento

Bruno Queiroz, do Correio 24h
- Atualizada em

O jogo era entre duas equipes de destaque no segundo turno. O Botafogo, com 15 pontos em seis jogos, tinha a melhor campanha. O Vitória, tentava manter os 100% de aproveitamento fora de casa no returno. Já havia vencido Corinthians e Coritiba por 1x0 e Atlético-MG por 3x1.

Numa partida eletrizante, o  rubro-negro saiu na frente com David, sofreu a virada com dois gols de Brenner, voltou a empatar com gol de André Lima e virou com gol de Danilinho, aos 50 minutos. O resultado fez o time chegar aos 32 pontos e dar um salto incrível na tabela. 

Foto: Vitória conseguiu virada heróica no Rio (Vitor Silva / SSPress / Divulgação)
  

Foi até  o Leão que começou executando melhor a sua estratégia. Bem postado defensivamente, o time do técnico Vagner Mancini aguardava o erro adversário para partir em velocidade nos contra-ataques e assim logo abriu o placar. Neilton lançou Tréllez, que ganhou dos zagueiros na corrida e mandou na trave. Na sobra, David apareceu para completar aos 14 minutos. 

Os donos da casa tentaram responder imediatamente, explorando  as jogadas aéreas. Antes, no entanto, o rubro-negro desperdiçou uma chance de ampliar, novamente com David. O atacante se livrou de dois marcadores em jogada individual pela esquerda, invadiu a área e tentou tocar cavar na saída de Gatito, que fez grande defesa com uma das mãos. 

Um minuto depois, Luís Ricardo cruzou e Rodrigo Pimpão cabeceou para fora, assustando Caíque. Aos 25, João Paulo cobrou falta do lado esquerdo, Pimpão desviou para trás e Brenner apareceu livre para empatar a partida. 

Embalado pelo gol, o Botafogo foi para cima em busca da virada e teve uma boa oportunindade antes do final do primeiro tempo com Bruno Silva. O camisa 8 pegou de primeira o rebote após saída de Caíque e a bola passou muito perto. 

Assim como na etapa inicial, o Vitória voltou do intervalo partindo para cima em busca do segundo gol e o centroavante colombiano Tréllez assustou por duas vezes. Na primeira, aproveitou cruzamento de Yago, mas cabeceou nas mãos de Gatito. Na segunda chance, ele arriscou de pé esquerdo, da entrada da área, e mandou na trave.