Futebol

Com gol na prorrogação, Grêmio avança à decisão do Mundial

Time brasileiro aguarda agora o vencedor de Real Madrid x Al Jazira

Bruno Queiroz, Correio 24 horas (bruno.queiroz@redebahia.com.br)

O primeiro desafio do Grêmio no Mundial de clubes não foi nada fácil, mas o objetivo foi cumprido. Após 90 minutos de um empate sem gols, Everton decidiu a classificação brasileira para a grande final com um belo gol, na prorrogação.

O time de Renato Gaúcho não fez um bom primeiro tempo, tendo inclusive menos posse de bola que o Pachuca. Os mexicanos mostraram uma boa organização defensiva e tinham nos pés do japonês Honda, as melhores jogadas ofensivas.

Após o intervalo, o tricolor gaúcho conseguiu equilibrar melhor a partida. A entrada de Jael no lugar de Lucas Barrios ajudou a equipe a ter mais a bola no campo de ataque, principalmente. A melhor chance foi num chute de fora da área de Luan, que o experiente goleiro Óscar Pérez espalmou antes da bola tocar na trave.

Apesar de pressionada, principalmente nas jogadas aéreas com Jael, o tempo normal terminou empatado em 0x0. Aos 4 minutos do primeiro tempo da prorrogação, Everton avançou pela esquerda, puxou para o pé direito e bateu colocado para fazer o gol da classificação. O Pachuca ainda teve um jogador expulso e ficou sem forças para reagir.

Agora o Grêmio aguarda o vencedor de Real Madrid x Al Jazira, nesta quarta-feira (13), às 14h, na grande final do Mundial.