Futebol

Comentarista xinga árbitro brasileiro após River x Boca: 'Não pode ser tão f... p...'

Raphael Claus deu pênalti logo no início da partida com auxílio do VAR

Agência O Globo
- Atualizada em

A atuação do árbitro Raphael Claus no primeiro duelo entre River Plate e Boca Juniors, pela semifinal da Copa Libertadores, gerou muita revolta no time do Boca, que perdeu por 2 a 0, mas também na imprensa argentina. Como marcou um pênalti a favor do time Millonario e expulsou Capaldo nos acréscimos da partida, um dos comentaristas perdeu a compostura e detonou o juiz brasileiro.

Foto: Reprodução

Durante o programa 'Boca de Selección', da rádio Cooperativa AM 770, o comentarista Daniel Mollo destilou toda a sua ira a Claus. Torcedor do Boca Juniors e figura conhecida no país, o jornalista não poupou xingamentos:

“Até agora não acredito no que aconteceu. É uma vergonha. Não falaram que o Boca Juniors foi até a m... da Conmebol. Foi um roubo. O pior de todos que vi na minha vida. Um papelão. Esse árbitro não pode ser tão f... da p.... É uma vergonha o que aconteceu na casa do River Plate. Esses dirigentes da Conmebol e o árbitro que deu o pênalti são uns verdadeiros desastres”, completou o comentarista.



Com a vitória no Monumental e Núñez, na noite de terça-feira, o River Plate sai na frente para buscar outra final da Copa Libertadores. Atual campeão, o time derrotou justamente o Boca Juniors na decisão de 2018, que foi marcada por muitas polêmicas. O segundo jogo desta edição será no dia 22 de outubro, às 21h30, em La Bombonera.