Futebol

Como era o futebol no último clássico entre Barça e Real sem Messi e Cristiano Ronaldo?

Nem o argentino ou o português tinham ganhado o prêmio de melhor jogador do mundo naquela época

Redação Goal

Em 23 de dezembro de 2007 foi disputado pela última vez um clássico entre Barcelona e Real Madrid sem Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo. Algo que voltará a acontecer no próximo domingo (27). Com o argentino lesionado e o português na Juventus, os gigantes se enfrentarão sem os maiores destaques das equipes nas últimas temporadas. Desta forma, para ter a dimensão do tempo que se passou desde então, relembre o que ocorreu no futebol daquele ano.

Cristiano Ronaldo jogava no Manchester United
O atacante português, agora na Juventus, jogava no Manchester United. Com apenas 18 gols, Ronaldo seria o artilheiro do Real Madrid na temporada 2007-08, seguido por Van Nistelrooy, com 16.

(Foto: Reprodução)

Messi somava apenas dois recordes na carreira
Messi tinha apenas dois recordes na carreira: Ter se tornado o jogador mais jovem a estrear e marcar um gol com a camisa da seleção argentina em Copas do Mundo, com apenas 18 anos, além de ser o atleta mais jovem a ter balançado as redes em um clássico, em 10 de março de 2007, com 19 anos.

(Foto: Reprodução)

Zidane era o jogador mais caro da história
A assinatura de contrato mais cara da época pertencia a Zinédine Zidane após deixar a Juventus e se juntar ao Real Madrid por cerca de 77 milhões de euros (R$ 325 milhões). Atualmente, a transferência do francês é apenas a 16ª mais cara da história.

Milan campeão da Champions
O Milan foi o grande campeão europeu daquela temporada ao derrotar o Liverpool em final da Champions League. Último título da equipe no torceio desde então.

Uma semana antes do clássico sem Messi ou Cristiano, os italianos venceram o Boca Juniors na final do Mundial Interclubes.

Messi e Cristino sem prêmio de melhor do mundo
Messi e Cristiano Ronaldo ainda não tinham conquistado o tão sonhado prêmio de melhor do mundo. O brasileiro Kaká desbancou ambos naquela ocasião e ficou com a estatueta.

Real Madrid na busca por 'La Décima'
Durante os 13 últimos anos, o Real Madrid se tornou o clube com mais títulos da Champions League. Mas em 2007 a equipe ainda não havia vencido os últimos quatro troféus na Champions. Ostentava "apenas" (entre muitas aspas!) as conquistas de 1955-56 1956-57 1957-58 1958-59 1959-60 1965-66 1997-98 2001-02 1999-00. Ainda faltava obter a campanha de 2013 -14, 2015-16, 2016-17 e 2017-18.

Barça sem a Tríplice Coroa
Atualmente, o Barcelona se orgulha da “Tríplice Coroa”, feito que o Real Madrid nunca conseguiu. Pep Guardiola e Luis Enrique alcançaram a marca histórica em primeiro ano como treinadores do Barça, em 2009 e 2015, respectivamente.

Vinicius tinha apenas 7 anos
Vinicius Junior, nascido em São Gonçalo em 12 de julho de 2000, é o jogador mais jovem no atual elenco do Real Madrid. Em dezembro de 2007, quando somava apenas 7 anos de idade, o futuro jogador acompanhava pela TV o compatriota Júlio Baptista marcar o gol na vitória dos Blancos no último clássico sem Messi ou Cristiano.

Getafe disputou torneio europeu
O Getafe terminou a La Liga 2006-07 em nono lugar e conseguiu vaga para disputar a Copa da UEFA de 2007-08. Já o campeão da Copa do Rei, o Sevilla, conseguiu vaga para a Champions League daquela edição.

Equipes que disputavam a Primeira Divisão em La Liga
Na temporada 2007-08, Racing, Mallorca, Almeria, Deportivo La Coruña, Recreativo de Huelva, Osasuna, Zaragoza e Múrcia disputavam a Primeira Divisão. Mas agora, estão lutando para retornar à elite do futebol espanhol.

Beckham assinava com o Los Angeles Galaxy
O clássico de 2007 não foi disputado por David Beckham, um dos "galácticos”. Cinco meses antes, o meia inglês estava se transferindo para jogar no Los Angeles Galaxy, time dos Estados Unidos.

Espanha sem Copa do Mundo
A Espanha de hoje não é o que era em 2007. Foi só no ano seguinte que a seleção espanhola conquistou a Eurocopa de 2008 e, na sequência, ganhou a primeira Copa do Mundo em 2010, na África do Sul. Em 2012 veio outra Euro.

Os treinadores da época
Schuster deixou o Getafe para substituir Fabio Capello como treinador do Real Madrid. Já Frank Rijkaard estava em última temporada como técnico do Barcelona, ​​antes de dar lugar ao ciclo de sucesso de Pep Guardiola.

Luis Enrique não era técnico
A estreia como treinador de Luis Enrique ocorreu em junho de 2008, quando ele assumiu o comando do Barcelona B para substituir Pep Guardiola. O atual treinador da Espanha liderou a equipe por três anos antes de ir para a Roma. 

Como era a vida de Lopetegui?
Após a chegada em 2006 no Real Madrid como chefe do clube em scouting internacional. Lopetegui comandou pela primeira vez os Blancos em junho de 2008. Na ocasião, assumiu o comando do Real Madrid Castilla, cargo que deixou no final da temporada, após não ser contratado para treinar o elenco principal. Em 2003, havia sido demitido do Rayo Vallecano, o primeiro clube no qual ele treinou.

Como era a vida de Valverde?
O atual treinador do Barcelona, Ernesto Valverde só tinha treinado o Athletic de Bilbao. Só no ano seguinte o comandante iria para o Olympiakos, onde conseguiu se tornar ídolo do clube.