Conheça a história de Carlos 'Boi', baiano contratado pelo UFC

Natural de Feira de Santana, Carlos foi da luta contra a obesidade ao sucesso no esporte

Gabriel Lopes* (gabriel.freitas@redebahia.com.br)
- Atualizada em

O UFC (Ultimate Fighting Championship), maior organização de MMA do mundo, anunciou a contratação do baiano Carlos "Boi" para a categoria peso-pesado. O Ultimate fez contato com o empresário do atleta, após a vitória de Carlos no 'Qualify Combat 2 - In Search of Glory', que aconteceu no dia 20 de maio deste ano. Na ocasião, Carlos "Boi" se tornou o líder do ranking nacional de MMA.

(Foto: Reprodução/Instagram)
Aos 22 anos, ele será o mais jovem da categoria peso-pesado do Ultimate. Na carreira, o lutador nunca perdeu. Ele possui oito vitórias, sendo seis por nocaute. Inicialmente, seu contrato será de quatro lutas e ainda não há data e adversários definidos para sua estreia.

A história de Carlos "Boi"

Carlos Felipe Cabral, mais conhecido como Carlos "Boi", nasceu e cresceu na cidade de Feira de Santana, na Bahia, e começou a praticar artes marciais buscando perder peso. Quando adolescente, tinha obesidade mórbida e chegou a pesar 160kg.

(Foto: Reprodução/Instagram)

Foi através do boxe que Carlos iniciou no mundo das lutas. A decisão foi motivada principalmente por conta de brincadeiras sobre o seu peso. "No começo não levava a sério, mas logo me apaixonei pelo esporte", contou o lutador ao iBahia.

O início no MMA foi diferente, Carlos passou 2 anos treinando para estrear na categoria 'amador', mas não teve muita sorte. "Os adversários sempre se machucavam ou desistiam da luta em cima da hora. Em novembro de 2014 meu treinador disse que eu já estrearia como profissional, contra um oponente que apareceu de última hora", disse o atleta, que na oportunidade venceu por nocaute.

Mesmo ainda muito jovem e acima do peso, quem notou potencial no garoto foi o lutador Edilson Teixeira, que entrou em contato com o empresário de Carlos, Leonardo Pateira. Após o contato, um trabalho de investimento na carreira foi iniciado.

Carlos Felipe alcançou o topo do ranking nacional de MMA, na categoria peso pesado, em apenas dois anos e meio no esporte. Chamou a atenção do UFC após 8 lutas invicto e já é considerado uma das promessas do MMA.

(Foto: Ataliba Neto)
Em sua rede social, o atleta comemorou a contratação: “Depois de tanto esforço, suor, choros, superação, de pensar em desistir diversas vezes, posso abrir a boca pra dizer que realizei um sonho, sonho esse que no começo ninguém acreditava que o menino obeso de 160 kg um dia seria um lutador. Após criticas duras, desilusões, tombos, lesões, abdicações, informo: sou o mais novo atleta contratado do UFC, e não para por aqui, vamos dominar o mundo. Meu muito obrigado Edilson Teixeira, Leonardo Pateira e a todos que de alguma forma me ajudaram”.

Após a conquista do cinturão, o lutador já está treinando para a estreia no UFC. "Não posso forçar muito antes da hora, já que ainda não sabemos a data do combate. Estamos dando prioridade para as falhas e o que tem que ser melhorado no jogo de luta", confirmou.

Carlos “Boi” representa a Life MMA e pretende continuar com a equipe. "O que eu faço é o intercâmbio entre Salvador e Feira de Santana. Faço sparring (uma forma de treino comum a vários esportes de combate) na Nordeste Jiu-Jitsu e duas vezes por semana vou na TatameSky treinar a parte de chão", finalizou.

* Sob supervisão e orientação da repórter Isadora Sodré