Futebol

Copa América: Tite convoca Willian para o lugar de Neymar na seleção brasileira

Craque do PSG foi cortado na madrugada desta quinta-feira (6), após se lesionar na vitória por 2 a 0 sobre o Qatar

Bruno Marinho e Igor Siqueira, da Agência O Globo

O meia Willian foi convocado pelo técnico Tite para substituir Neymar no grupo que defenderá a seleção brasileira na Copa América, a partir do dia 14. O craque do PSG foi cortado na madrugada desta quinta-feira (6), após se lesionar na vitória por 2 a 0 sobre o Qatar, em amistoso disputado em Brasília, na noite anterior.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
O jogador se apresenta em Porto Alegre, onde a seleção faz um amistoso contra Honduras neste domingo, no Beira-Rio. É o último teste antes da estreia na Copa América.

Como é determinado pelo regulamento da competição, a CBF enviou a Conmebol os laudos do exame que apontaram a lesão de Neymar. Após receber o aval da confederação, prosseguiu com a convocação do atleta.

Willian estava de férias com a família em Israel. O último jogo da temporada de Willian foi no dia 29 de maio, final da Europa League entre Chelsea e Arsenal.

Experiente na seleção, o ponta do Chelsea já jogou as Copas do Mundo de 2014 e 2018 e é um nome de segurança de Tite para o setor ofensivo. Willian tem 30 anos e 65 jogos pela seleção, nos quais marcou oito vezes.


Principal jogador da seleção, Neymar deixou o gramado do Mané Garrincha ainda aos 17 minutos do primeiro tempo. Depois de um exame inicial no vestiário, ele foi levado para um hospital da capital federal, onde novos testes apontaram para a necessidade de corte.

O afastamento da seleção às vésperas da Copa América é mais um capítulo de uma semana turbulenta para Neymar, acusado de estupro por uma brasileira com quem manteve relações sexuais em Paris, no mês passado.

Em entrevista ao "SBT", na quarta-feira, Najila Trindade reafirmou que foi agredida e violentada pelo jogador do PSG. Neymar e seus representantes, porém, negam o episódio e dizem ser vítimas de extorsão.