Mais Esportes

Cristiano Ronaldo chora ao ver imagens inéditas do pai, que era alcoólatra: 'Inacreditável

CR7 tinha 20 anos quando o pai morreu de insuficiência hepática, devido ao alcoolismo.

Agência O Globo
- Atualizada em

Cristiano Ronaldo deixou de lado o jeito duro dos gramados e derramou muitas lágrimas ao ver imagens inéditas de seu pai, José Dinis Aveiro, que morreu em 2005, por causa do alcoolismo. Em uma entrevista ao canal britânico "ITV", que irá ao ar na íntegra nesta terça-feira, o craque da Juventus conversou com o jornalista Piers Morgan, do programa ‘Good Morning Britain’, que apresentou um vídeo do patriarca elogiando o camisa 7 e demonstrando o seu orgulho por ver o filho brilhar no futebol.

Foto: Reprodução
"Nunca havia visto esse visto, nunca havia visto. Inacreditável. Eu achei que seria uma entrevista divertida, não esperava chorar. Desculpa. Eu preciso ter essas imagens para mostrar para a minha família", disse o jogador após começar a chorar.

CR7 tinha 20 anos quando o pai morreu de insuficiência hepática, devido ao alcoolismo. José acabou por perder as grandes conquistas do filho durante a sua carreira, como as cinco Bolas de Ouro de melhor jogador, as cinco Champions League, Mundiais e até a conquista da Eurocopa de 2016.

"Eu realmente não conheço 100% do meu pai. Ele era uma pessoa alcoólatra. Eu nunca falei com ele numa conversa normal. Era difícil. Ele nunca viu como o eu me tornei bom. Nunca, nunca", revelou o atacante, de 34 anos.

O pai não conseguiu nem conhecer os quatro filhos de CR7 – Cristiano Ronaldo Jr., de 9 anos, os gêmeos Mateo e Eva, de 2 anos e 3 meses, e Alana, de 1 anos e 10 meses.