Futebol

Dani Alves: "O mundo do futebol está cada vez mais prostituído"

O lateral-direito do Barcelona, sincero como sempre, garante que não joga por dinheiro

Redação Goal


Daniel Alves concedeu entrevista ao programa Late Motiv, do canal Cero, e como sempre, tanto no lado pessoal, quanto ao falar de futebol, o lateral-direito brasileiro do Barcelona foi polêmico e sincero até demais.

"As pessoas pensam que eu tenho uma posição social diferente. Mas eu não jogo futebol pelo dinheiro, eu jogo futebol porque eu o amo", disse Daniel Alves.

"Quando me aposentar, tentarei não saber nada deste mundo, está cada vez mais prostituído. Toda vez que se fala menos de futebol, quem o ama realmente, perde o interesse", argumentou.

"Temos um desafio incrível e é isso que move o ser humano, as pessoas. Viemos de um ano incrível e neste momento temos a percepção de que podemos voltar a estar no nosso melhor. Quando se é jogador de futebol, você sempre está esperando por esse momento para apreciá-lo", afirmou ele, sobre o bom momento catalão.

Sobre a filosofia do Barcelona, o brasileiro explica que "vem de muitos anos atrás". Mas pede privacidade e evita especulações: "Muitas coisas são ditas, piadas são feitas... você não pode sair especulando. É a nossa privacidade. O que acontece no vestiário permanece no vestiário".