Mais Esportes

Ex-jogador é preso por fazer sexo com uma menina de 12 anos

Autoridades disseram que o ex-atleta foi detido após a menina dizer à mãe que teve relações sexuais com ele no sábado

Agência O Globo

O ex-jogador de futebol americano Justin Crawford foi preso e acusado de ter feito sexual com uma garota de apenas 12 anos, segundo a polícia de Columbus, na Geórgia (EUA). Conforme o jornal “Columbus Ledger-Enquirer”, as autoridades disseram que o ex-atleta da Liga de Futebol Americano (NFL) foi detido depois a menina dizer à mãe que teve relações sexuais com ele no sábado. O ex-atleta, de 23 anos, também foi acusado de sodomia e seduzir uma criança para fins indecentes, e está sendo mantido sem fiança na prisão do condado de Muscogee.

A polícia disse que, às 5h da manhã, a esposa de Crawford narrou ter visto seu marido de pé perto da garota, que dormia em um sofá na sala de estar do casal. A mulher voltou a dormir, mas disse à polícia que ele continuou a importunar a vítima.

Foto: Divulgação / Muscogee County Jail
No entanto, depois que o relatório policial foi divulgado, a esposa do ex-jogador contestou o relatório. Ela negou ter visto o marido excitado e que não tinha nenhum indício de que houve algum encontro sexual entre ele e a menina.

"Eu não vi ninguém fazendo sexo, ou eu teria chamado a polícia imediatamente", insistiu a esposa de Crawford.

Ainda de acordo com o jornal, as autoridades disseram que a garota admitiu que teve relações sexuais com o ex-jogador, acusação que Crawford negou nos primeiros depoimentos. Apesar disso, a polícia diz que o jogador mudou de ideia e, depois, admitiu ter iniciado o contato sexual com a criança.

Crawford era um astro do futebol do ensino médio de Columbus, na Hardaway High School da Georgia, antes de ganhar notas altas como jogador no Northwest Mississippi Community College por duas temporadas e na West Virginia University por mais duas temporadas. Ele correu para 2.244 jardas e 11 touchdowns na Virgínia.

Crawford ganhou um lugar no Atlanta Falcons como um agente livre não-draftado em 1 de maio, mas rapidamente saiu da NFL e foi cortado em setembro.