Futebol

Final da Libertadores de 2018 pode acontecer em jogo único

Em calendário divulgado, Conmebol deixou em aberto a possibilidade do torneio ser decidido em apenas uma partida

Redação Correio 24 horas

A Copa Libertadores da América pode passar por uma mudança a partir de 2018. Na noite desta quarta-feira (28) a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou o calendário de competições internacionais e deixou em aberta a possibilidade da final da Libertadores ser realizada em jogo único.

De acordo com o calendário divulgado, a principal competição de clubes da América do Sul terá início em 22 de janeiro, com os duelos da primeira fase pré-grupo. Os jogos da fase de grupos serão disputados entre 28 de fevereiro e 23 de maio, enquanto a fase de mata-mata só acontecerá depois da Copa do Mundo da Rússia.

A Conmebol no entanto deixou as datas da final indefinidas. Caso aconteça em apenas uma partida, esta será realizada em 1º de dezembro. Já se o formato atual for mantidos, as decisões serão disputadas nos dias sete e 28 de novembro.

A possibilidade de realização da final da Libertadores em jogo único foi levantada em junho deste ano. A expectativa é de que o duelo seja realizado em uma cidade-sede pré-definida. O Rio de Janeiro aparece com uma das interessadas em receber a partida.  

A Copa Sul-Americana de 2018 também teve as datas divulgadas. O torneio terá início em 14 de fevereiro e as finais estão previstas para cinco e 12 de dezembro. O calendário foi aprovado durante a reunião do Conselho da Conmebol, em Bogotá, na Colômbia.