Futebol

Final da Libertadores entre River e Boca será na Europa, diz jornal

Rivais argentinos decidirão título mais importante da América do Sul fora dos países latinos

Redação Goal

O campeão do maior e mais importante título da América do Sul será decidido na Europa. Segundo os veículos La Nación e Globoesporte, o segundo jogo da final da Copa Libertadores será realizado no Santiago Bernabéu (Espanha), estádio do Real Madrid.

A capital espanhola ganhou uma disputa acirrada para sediar a decisão da Libertadores. Doha (Catar), Miami (Estados Unidos) e Assunção (Paraguai) estavam no páreo para sediar a final, mas Madri venceu a disputa.

Segundo o Globoesporte, isso ocorreu por conta da "latinidade" da cidade espanhola. Madri é a capital europeia que mais recebe voos da América do Sul, conta com uma grande presença de argentinos e ainda possui a mesma língua.

Doha, antes favorita pela questão financeira, já que milhões foram oferecidos à Conmebol para sediar a partida, além do fato do Catar patrocinar a Conmebol e a Libertadores, foi descartada pela difícil logística e distância. Assunção e Medellín, que foram cogitadas e facilitariam pela proximidade, foram descartadas pelas cidades não liberarem a partida nos munícipios.


Com isso, a final que deveria ter sido disputada em Buenos Aires, no último sábado (24), mas foi adiada por conta dos atos lamentáveis de violência e vandalismo dos torcedores do River Plate nos arredores do Monumental de Núñez, será jogada em outro continente.

Anteriormente, a Conmebol informou que a final seria disputada em 8 ou 9 de dezembro.