Futebol

Firmino explica por que deixou Gabriel Jesus bater pênalti: 'Ele tinha que fazer'

Brasil goleou o Peru por 5 a 0, na tarde deste sábado (22), na Arena Corinthians, pela terceira do Grupo A da Copa América

Agência O Globo

O Brasil goleou o Peru por 5 a 0, na tarde deste sábado (22), na Arena Corinthians, pela terceira do Grupo A da Copa América. Mas Gabriel Jesus não saiu feliz de campo. O atacante do Manchester City teve a chance de desencantar e marcar, de pênalti, o sexto gol da seleção brasileira. Mas seu chute parou nas mãos do goleiro Gallese aos 48 minutos do segundo tempo.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Roberto Firmino, que deixou a sua marca na partida, permitiu que o camisa 9 cobrasse o pênalti para lhe dar confiança. No fim da partida, o atacante lamentou que o companheiro não conseguiu balançar as redes.

– O cara que é o Gabriel, da pessoa que ele é. Ele tinha que bater, tinha o fazer o gol. Infelizmente não concluiu no gol. Mas agora é bola para frente. Tem que ficar tranquilo e no próximo jogo ele vai fazer – disse Firmino ao canal "SporTV".

Jesus saiu cabisbaixo do gramado. Foi abraçado e consolado por todos os companheiros ainda em campo. O camisa 9 tem vivido um período de altos e baixos, e começou a Copa América na reserva, depois de terminar a Copa do Mundo em baixa (e sem nenhum gol marcado).


O Brasil terminou a primeira fase na liderança do Grupo A, com sete pontos. A Venezuela, que venceu a Bolívia por 3 a 1, ficou em segundo, com cinco pontos, seguido do Peru, com quatro.