Futebol

Gol do título do Brasil no Mundial de Futebol de 5 foi marcado por baiano

Com três gols no Mundial, Jefinho, que joga no ICB, foi eleito para a seleção do torneio, ao lado do compatriota Ricardinho

Ivan Dias Marques (ivan.marques@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Fazer o gol do título na prorrogação de uma final de Mundial, ainda mais contra a Argentina, é muita emoção - e qualidade técnica - junta. Coube a um baiano a façanha. O atacante Jefinho, do Instituto Baiano de Cegos (ICB), marcou o único gol da seleção brasileira na final do Mundial de Futebol de 5 - para cegos -, disputada contra os eternos rivais, ontem, no Japão.



O placar de 1x0 deu o tetracampeonato ao país e consagrou uma campanha quase perfeita do time, que ganhou cinco e empatou um nos seis jogos disputados no torneio. Melhor jogador do mundo em 2010, Jefinho admitiu surpresa com o lance. "Na hora que chutei, não esperava que a bola fosse entrar. Acho que a sorte fez a parte também (risos). O importante é que pude comemorar mais este título. A emoção de fazer um gol em uma final assim foi muito grande", declarou o atleta.

Com três gols no Mundial, ele foi eleito para a seleção do torneio, ao lado do compatriota Ricardinho - capitão brasileiro -, dos argentinos Lucas e Coki, do paraguaio Villa e do chinês Yutan Yu. Ricardinho, artilheiro do campeonato com seis gols, foi considerado o melhor jogador. Além de Jefinho, outros dois baianos do ICB se sagraram campeões mundiais: o zagueiro Cássio e o ala Gledson.


Leia mais notícias de esporte


Matéria original: Jornal Correio*

Paratleta baiano marca gol do título do Brasil no Mundial de Futebol de 5