Futebol

Jogador da MLS se declara homossexual e quebra tabu nos Estados Unidos

Em uma publicação no Twitter, o atleta posou abraçado com uma bandeira LGBT+ e agradeceu aos companheiros de equipe pelo apoio

Agência O Globo

O meio-campo Collin Martin, do Minnesota United, tornou pública sua homossexualidade e se tornou o único jogador gay das cinco ligas profissionais dos Estados Unidos. Em uma publicação no Twitter, o atleta posou abraçado com uma bandeira LGBT+ e agradeceu aos companheiros de equipe pelo apoio.

"Esta noite, meu time, o Minnesota United, terá sua noite do Orgulho. É uma noite importante para mim - anunciarei pela primeira vez publicamente que sou um jogador gay na Major League Soccer", diz a nota.


Segundo Martin, sua sexualidade não era um segredo para família, amigos e companheiros de time, que sempre deram suporte ao atleta. Não há outro atleta publicamente homossexual em nenhuma das outras quatro ligas profissionais norte-americanas (NBA, NHL, NFL e MLB).

No Minnesota United, Martin joga ao lado do meia Ibson, que teve três passagens pelo Flamengo, clube pelo qual foi revelado.