Futebol

Jogador do Real Madrid corre risco de ser preso na Sérvia; entenda

Ele teve que desembolsar quase 30 mil euros para evitar cadeia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O atacante Luka Jovic, que atualmente defende o Real Madrid, correu risco de ser preso na Sérvia, país natal dele, por quebrar a quarentena estabelecida no país em função da Covid-19. A informação é da rádio espanhola Cadena Cope.

O caso teria acontecido em março, na capital sérvia Belgrado. Jovic saiu de Madri para ir a uma festa da namorada, após um atleta do time de basquete do clube testar positivo para a Covid-19. Com isso, o jovem correu risco de pegar até seis meses de cadeia.

Para evitar a detenção, Jovic vai pagar cerca de 30 mil euros (R$ 190 mil aproximadamente).