Futebol

Jogador do Vasco é sequestrado e torturado em favela do Rio

Meio-campista Bernardo foi pego em flagrante com namorada de traficante, mas acabou salvo por amigos

Da Redação Correio24h (esportes@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Bernardo foi sequestrado no domingo, no Rio

O meio-campo Bernardo, que atualmente defende o Vasco, levou um grande susto no último domingo (21). O atleta foi seqüestrado e torturado após ser pego em flagrante com a namorada de um homem apontado como chefe de tráfico de drogas.


De acordo com a 21ª DP (Bonsucesso), o meio-campista participava de um evento acompanhado pela namorada “número 1” do traficante Marcelo Santos das Dores. Além dela, o volante palmeirense Charles e de Wellington Silva, do Fluminense, criados na favela, acompanhavam Bernardo. O traficante chegou à festa, realizada na favela Salsa e Merengue, e arrastou o casal até a casa onde mora. Chegando no local, Marcelo torturou Bernardo com uma arma de choque e disparou sete tiros nas pernas da namorada.


Moradores do local afirmaram que as chances de Bernardo ser assassinado eram muito grandes, mas Charles percebeu o ocorrido e foi até a casa do traficante para intervir a favor do colega de profissão. Após a tortura, o criminoso fugiu e Bernardo foi socorrido e recebeu atendimento de uma equipe médica. Muito assustado, o atleta já está em casa. Já Daiane Rodrigues foi encaminhada para o Hospital Municipal Paulino Werneck, na Ilha do Governador, zona norte. A jovem já recebeu alta.


Bernardo e Daiana deverão prestar depoimento na tarde desta sexta-feira. Marcelo Santos das Dores, conhecido como o “Menor P”, é conhecido por liderar o tráfico nas favelas dominadas pelo TCP (Terceiro Comando Puro) no Complexo da Maré, na zona norte do Rio.


Leia mais

MGF é denunciado por formação de quadrilha, estelionato e lavagem

Matéria original: Correio24Horas

Jogador do Vasco é sequestrado e torturado em favela do Rio