Futebol

Jornal diz que Neymar saiu da sombra de Messi e vive atrás de Mbappé

Neymar deixou o Barcelona em julho de 2017

Agência O Globo

Neymar deixou o Barcelona em julho de 2017 para sair da sombra de Lionel Messi. O craque queria brilhar sozinho em um grande clube. No entanto, no Paris Saint-Germain, o brasileiro também tem encontrado uma jovem estrela que está no seu caminho: Mbappé. O jornal espanhol "AS" desta terça-feira afirmou que Neymar "está de sombra em sombra" e que Mbappé “está a caminho de se tornar o novo Messi de Neymar”.

“Neymar Jr. não está deixando as coisas como planejado. O brasileiro deixou o Barcelona para se livrar da longa sombra de Leo Messi e brilhar com sua própria luz. Agora, no Paris Saint-Germain, ele é novamente eclipsado por outro fenômeno: Kylian Mbappé. Neymar coincidiu com a sua chegada ao PSG em 2017 com Mbappé. O francês, de apenas 19 anos, se apresentou como promessa de futebol", começou a reportagem.

"Ney brilhou em sua primeira temporada na França, mas seus planos foram frustrados por uma lesão, que o afastou do campo por muito tempo. Enquanto isso, Mbappé estava ficando grande em Paris. Apesar de tudo, o francês não ultrapassou os números de Neymar, que marcou 28 gols em 2017/18. Naquele ano, Mbappé tinha sete gols, com 21 partidas”, escreve o diário.

O “AS” ainda relembra que o atacante francês estourou durante a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, onde marcou quatro gols, o título de campeão mundial pelo seu país e o troféu de “Revelação” do Mundial. Com 19 anos, o jogador do PSG foi uma das grandes figuras não só de sua seleção, mas de toda a Copa do Mundo.

“Agora, Mbappé continua a brilhar. A última das maravilhas do fenômeno francês foi um tremendo poker em 13 minutos contra o Lyon, no último domingo, pela Ligue 1. Depois disso, Neymar não pôde fazer mais do que aplaudir. O brasileiro parabenizou seu parceiro pelas redes sociais e ficou feliz pelo sucesso. Mas Ney não engana ninguém. Todos conhecem a personalidade do antigo jogador do Barça, tão sorridente quanto ambicioso e competitivo. Neymar não suportava não ser o único galo no parque de diversões no Camp Nou, e não parece muito provável que ele possa continuar à sombra de alguém no PSG. Ele já mostrou isso em seu choque de egos com Cavani na última temporada”, descreve o jornal.