Futebol

Jornal espanhol lembra marca negativa alcançada por Jesus na Copa

'As' destaca que jogador foi o primeiro atacante titular do Brasil a pasar em branco

Agência O Globo
- Atualizada em


Uma das estrelas do Manchester City, Gabriel Jesus chegou com as expectativas altas para a Copa do Mundo. Mas, após a eliminação do Brasil nas quartas de final e nenhum gol marcado (em cinco jogos), o atacante atingiu uma marca inédita para um titular do ataque do país: passar em branco em um Mundial. Essa é uma das notícias do diário espanhol 'As' neste sábado.

O jornal relembra que o Brasil esteve presente em todas as 21 edições da Copa e cita desde os não especialistas, como Pelé (seis gols em quatro partidas em 1958) e Tostão (dois, em dois jogos, em 1970), aos natos, como Ronaldo (recordista, com 15 gols em quatro Mundiais). O diário também lembra que Serginho, em 1982, e Fred, em 2014, marcaram um gol, cada. Careca, em 86, fez cinco (em cinco jogos), e Luis Fabiano marcou três gols na África do Sul, em 2010. E Firmino, reserva de Jesus, deixou sua marca diante do México, na Rússia.