Copa 2018

Jornal inglês volta a gerar polêmica por nota de retratação sobre Colômbia

Texto diz que colombianos deveriam estar mais envergonhados por atuação em campo

Agência O Globo

O tabloide inglês "The Sun" voltou a provocar a Colômbia nesta quarta-feira. Após publicar uma capa onde fazia alusão à cocaína com as palavras "Go, Kane", o jornal trouxe na edição de hoje uma nota irônica de desculpas. O texto dizia que os colombianos estariam mais envergonhados por "roubar, fazer faltas e simulações em campo".

"A capa de ontem do "The Sun" pode ter dado a impressão de que a Colômbia é bem conhecida pelo seu comércio de cocaína. Isso foi injusto com o povo colombiano, que está mais envergonhado pelo modo que a sua seleção enganou, fez faltas, encenou e jogou ontem à noite. Estamos felizes em esclarecer", escreveu o tablóide.

Na terça-feira, o tabloide inglês provocou os colombianos antes do partida nas oitavas de final contra a Inglaterra com uma capa que foi considerada ofensiva por parte do público. Exaltando o artilheiro Harry Kane, o "The Sun" dizia que a Inglaterra enfrentaria a terra "da Shakira, do café e de... é... outras coisas", e complementou com "nós dizemos... vai, Kane!". O "go, Kane!" na capa tem uma sonoridade parecida com a palavra "cocaine", cocaína em inglês.

A capa não caiu nada bem com os colombianos. O embaixador da Colômbia no Reino Unido, Néstor Osorio Londoño, foi um dos que a condenou.

"É muito triste que eles usem um ambiente tão festivo e amigável como a Copa do Mundo para atingir um país e continuar a estigmatizá-lo com uma questão completamente não relacionada", disse ao jornal The Guardian.

Já o jornal "El Tiempo" lembrou da provocação dos ingleses na hora de comemorar o gol de Yerry Mina, que empatou o duelo entre Colômbia e Inglaterra no último minuto.

"Gol da terra da Shakira, do café e da alegria", publicaram em uma rede social.

No tuíte do editor-executivo do tabloide com a nota de retratação, alguns internautas criticaram a abordagem do jornal:

"Como não pedir desculpas", escreveu um.

"Parabéns pela coragem. A desculpa foi ainda pior", comentou outro.

"Por que o mundo precisa ser assim?", lamentou uma mulher.