Futebol

Lionel Messi leva o prêmio de melhor do mundo da FIFA

Enquanto argentino leva trófeu na categoria masculina, a americana Megan Rapinoe venceu a disputa feminina

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O mundo é mais uma vez de Lionel Messi. O argentino foi eleito, pela sexta vez, o melhor jogador do mundo na temporada. Messi levou para casa o troféu Fifa The Best ao superar o zagueiro holandês Virgil Van Dijk  e o português Cristiano Ronaldo. O evento que consagrou os melhores da temporada 2018-2019 aconteceu nesta segunda-feira (23), em Milão, na Itália.

Além de Messi, a premiação elegeu Megan Rapinoe como a melhor jogadora do mundo. A americana conseguiu o título de campeã da Copa do Mundo na França e já tinha sido a artilheira e eleita a melhor jogadora da competição.

Fotos: Reprodução/Twitter

Com o troféu conquistado, Messi se iguala a Marta como maior vencedor do prêmio de melhor jogador do mundo.

Apesar de ter perdido a disputa da Fifa, o Van Dijk já tinha vencido o prêmio de melhor jogador da Europa e do campeonato inglês da temporada 2018-2019. Ele foi uma das peças mais importantes do Liverpool na conquista da última Liga dos Campeões, a sexta do time inglês.

Brasileiros saíram com troféus
O Brasil foi premiado com um troféu bem especial. A torcedora Silvia Grecco, que narra os jogos do Palmeiras para o filho Nikollas, que é cego, ganhou o prêmio Fifa Fan Awards, dedicado a grandes histórias de fãs do jogo.
Foto: Reprodução

Além de Silvia, atletas do país foram premiados. A brasileira Marta entrou para seleção da temporada da Fifa. Além dela, Formiga e Andressa Alves estavam na disputa para entrar no chamado "11 ideal".

O goleiro Alisson levou para casa o troféu de melhor goleiro do mundo. Ele já tinha levado o prêmio de número um da Europa. O arqueiro e o lateral esquerdo Marcelo representam o Brasil na seleção ideal masculina.

Confira quem foram os premiados no evento:
  • Melhor jogador: Lionel Messi (Argentina)
  • Melhor jogadora: Megan Rapinoe (Estados Unidos)
  • Puskás (gol mais bonito): Daniel Szóri, do Debrecen (Hungria)
  • Seleção masculina: Alisson (Brasil), De Ligt (Holanda), Sergio Ramos (Espanha), Van Dijk (Holanda) e Marcelo (Brasil); Modric (Croácia), De Jong (Holanda) e Eden Hazard (Bélgica); Mbappé (França), Messi (Argentina) e Cristiano Ronaldo (Portugal).
  • Seleção feminina: Sari van Veendaal (Holanda), Lucy Bronze (Inglaterra), Nilla Fischer (Suécia), Kelly O'Hara (EUA) e Wendie Renard (França); Julie Ertz (EUA), Amandine Henry (França) e Rose Lavelle (EUA); Alex Morgan (EUA), Megan Rapinoe (EUA) e Marta (Brasil).
  • Melhor técnico - futebol masculino: Jurgen Klopp (Liverpool)
  • Melhor técnica - futebol feminino: Jill Ellis (Estados Unidos)
  • Melhor goleira: Sari van Veenendaal (Holanda)
  • Melhor goleiro: Alisson (Liverpool)
  • Fifa Fan Award (prêmio dedicado a grandes histórias de fãs): Sílvia Grecco e Nikollas
  • Fifa Fair Play Award (jogo limpo): Leeds United (Inglaterra) e o seu técnico, Marcelo Bielsa