Futebol

Luis Enrique, ex-Barcelona, é o novo técnico da Espanha pelos próximos dois anos

Ele será apresentado na próxima semana

Agência O Globo

A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) anunciou Luis Enrique, ex-Barcelona, como o novo técnico da seleção nacional. O contrato será de dois anos e ele será apresentado na próxima semana, segundo comunicou o presidente da entidade, Luis Rubiales, na manhã desta segunda-feira.

A estreia do novo treinador será contra a Inglaterra, no dia 8 de setembro, pela "Liga das Nações" pela Uefa. Depois, será a vez do jogo contra a Croácia, no dia 11 de setembro. As três equipes integram o Grupo D do torneio, que dá vaga para Eurocopa de 2020. A primeira lista de convocados da Espanha será divulgada no dia 31 de agosto.

– Luis Enrique atende a todos os parâmetros dos critérios de gestão esportiva. A decisão foi unânime. Eu gosto do seu compromisso, ele perdeu oportunidades econômicas melhores para treinar a seleção espanhola – disse o dirigente em entrevista coletiva.

– Ele vem com sua equipe. Mas essa é uma questão que ele vai responder na próxima semana, quando será oficialmente apresentado.

O treinador estava sem clube desde que deixou o Barcelona após a temporada 2016-2017. Luis Enrique assume o lugar deixado por Fernando Hierro, que assumiu a Espanha de forma emergencial às vésperas da Copa do Mundo da Rússia após a demissão de Julen Lopetegui, que assinou com o Real Madrid.

Segundo o jornal espanhol "AS", o treinador havia recebido uma proposta de 6 milhões de euros anuais para treinar o Arsenal, mas recusou para aceitar o salário de 5 milhões euros oferecido pela entidade espanhola.