Futebol

Maradona e o Brasil: com ajuda de Pelé e Zico, craque quase jogou em clubes brasileiros

Durante a década de 90, ídolo argentino negociou a vinda para o Brasil

Redação iBahia
- Atualizada em

Maradona desfilou seu talento pelos campos argentinos, espanhóis – quando atuava pelo Barcelona –, italianos – com a camisa do Napoli – e quase veio parar no Brasil. A amizade com Pelé e Zico quase trouxe o argentino para clubes brasileiros, como Flamengo, Santos e São Paulo, nos anos 90.

Foto: Reprodução / Facebook

Além disso, na década de 80, deu um bolo no Corinthians em uma partida amistosa em Manaus. Confira essas histórias do craque argentino que morreu nesta quarta-feira (25):

Hermano em terras brasileiras

Flamengo, Santos, São Paulo e Palmeiras tentaram trazer Maradona em 1990, quatro anos depois dele ter sido campeão mundial pela Argentina. 

Para tentar contratar Maradona, o Santos contou com a ajuda de ninguém menos do que Pelé, amigo do jogador. De acordo com o jornal ‘O Estado de S. Paulo’, na época a ideia do clube alvinegro era contratar o ídolo do São Paulo Raí, que estava no Paris Saint Germain. Como a negociação não deu certo, Maradona passou a ser a opção. 

A parceira com Pelé envolvia a empresa do rei do futebol, que seria detentora do passe de Maradona e negociaria com o Santos. No entanto, o argentino esperava receber mais do que o acordado e a negociação não avançou.

Em 1991, a revista Placar noticiou que o Flamengo tinha oferecido um projeto para contratar o craque junto ao Napoli. Na época, Maradona enfrentava o sobrepeso e vivia pressionado pelas agências antidoping. No entanto, as questões financeiras impediram a negociação. 

Com a Parmalat como patrocinadora, o Palmeiras também apareceu como interessado em Maradona. O diretor de esportes da empresa chegou a viajar à Itália para negociar com o Napoli. Porém, ele preferiu continuar na Europa e seguiu para o Sevilla, da Espanha.

A negociação com o São Paulo também envolveu a empresa de Pelé, que ficaria com o passe do jogador. Mais uma vez, as negociações não avançaram.

Amistosos

Maradona nunca chegou a jogar em nenhum clube brasileiro, mas em 1985 no país participou de um amistoso que celebrava o retorno de Zico ao Flamengo, após passagem pela Udinese. Na ocasião, ele aproveitou para jogar futevôlei e conhecer as praias do Rio.

Antes disso, no entanto, o craque deu um “bolo” no Corinthians em um amistoso em Manaus. A capital do Amazonas ia receber, há 40 anos, um amistoso do Corinthians de Sócrates contra o Argentino Juniors, então time do craque.

O jogo foi vendido, à época, como Sócrates x Maradona, mas o argentino não apareceu junto com a equipe.