Futebol

Marta vira maior artilheira em Mundiais, e Brasil bate a Itália em Valenciennes: 1 a 0

Brasil sofre no primeiro tempo, equilibra o jogo após o intervalo e chega ao gol com pênalti sobre Debinha

Agência O Globo

O Brasil bateu a Itália por 1 a 0 e selou a classificação à próxima fase da Copa do Mundo Feminina de Futebol, na França. De pênalti, Marta marcou seu 17º gol em Copas do Mundo e superou Miroslav Klose, da Alemanha, como a maior artilheira da história de Copas femininas e masculinas.

- Quebrar recorde é algo que acontece naturalmente, quando faz algo com amor - disse Marta.

Sem Formiga e Andressa Alves, o Brasil sofreu na transição e viu a Itália chegar de forma perigosa na primeira etapa. Na segunda metade, o Brasil equilibrou e chegou ao gol: a sempre perigosa Debinha foi derrubada na área e a árbitra marcou pênalti. Marta bateu, selou a classificação e entrou para a história.