Futebol

'Me sinto bem, mas é como se Deus estivesse pedindo a conta', diz Pelé

Aniversário de 50 anos do gol mil do Rei do futebol será na próxima terça-feira (19)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O Rei do Futebol foi capa de jornal nesta quinta-feira (14). Pelé concedeu uma entrevista ao Gazzetta dello Sport, jornal italiano, em qua falou sobre sua saúde, o futebol atual e sobre o gol mil da carreira, que está prestes a completar 50 anos na próxima terça-feira (19).

Foto: Reprodução

"Mesmo que eu tenha um pouco de doença, me sinto bem. Mas é como se Deus estivesse me pedindo a conta", disparou o Rei ao periódico italiano.

Além da saúde, Pelé falou de Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar. O tricampeão mundial falou do desejo de ter atuado ao lado do argentino, além de esperar dias melhores para o brasileiro e revelar admiração pelo português.



Para o jornal italiano, o rei destacou que um zagueiro do país foi o melhor da posição a lhe marcar em um confronto. "(Giovanni) Trapattoni foi o melhor zagueiro contra o qual joguei, implacável e correto. Não era como os ingleses e os argentinos: quantas surras deles", contou o ídolo santista.