Futebol

Meia do Chelsea foge de isolamento e causa mal estar no clube

Um dos casos de coronavírus anotados na Inglaterra foi justamente de um jogador do time de Londres

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O meia Mason Mount, destaque do Chelsea comandado por Frank Lampard, causou mal estar no clube após ser flagrado fora do isolamento imposto pelos Blues em decorrência do surto de coronavírus. Mount já foi repreendido pelo Chelsea, segundo a agência de notícias “Reuters”, além do jornal “Mirror” e da emissora “Sky Sports”.



Mount foi flagrado junto ao volante Declan Rice, do West Ham, jogando futebol no último domingo (15). Todos os jogadores do Chelsea, além da comissão técnica, foram colocados em isolamento após o atacante Callum Hudson-Odoi testar positivo para a Covid-19, na semana passada. Já os jogadores do West Ham não estão em isolamento. No entanto, membros da comissão técnica do clube se isolaram, após ter contato com o técnico do Arsenal Mikel Arteta, também diagnosticado com o vírus.

A atitude de Mount e Rice foi criticada pelos tabloides britânicos. O "Daily Star" chamou os dois de "idiotas", enquanto o "Daily Express" questionou a atitude do meia. "O que ele estava pensando?".