Copa 2018

Na Rússia, brasileiro pede que menino repita frases ofensivas: 'Eu sou um filho da p*'

O autor das imagens apagou a publicação original

Agência O Globo

Mais um vídeo ofensivo feito por um brasileiro na Rússia vem movimentando as redes sociais. O autor das imagens apagou a publicação original, mas isso não impediu que internautas salvassem seu conteúdo e compartilhassem na web, visando criticar a atitude.


Assim como Diego Valença Jatobá, Eduardo Nunes, Luciano Gil Mendes Coelho e Felipe Wilson, o jovem Lucas Marcelo Andrade também está gerando revolta. Diferentemente dos compatriotas, porém, Lucas gravou um vídeo em que pede para um menino repetir frases de cunho ofensivo e inapropriado. O adolescente não fala português, mas obedece as sugestões do brasileiro e repete: "Eu sou um filho da p*", "Eu sou viado" e "Eu dou para o Neymar".

Em seu perfil do Twitter, o autor do vídeo, que o apagou depois de ter começado a repercutir negativamente, reclamou que outras pessoas salvaram as imagens para publicá-las nas redes sociais, sem demonstrar qualquer tipo de arrependimento.

Depois de passar pela Rússia, durante a Copa do Mundo, o brasileiro publicou que estava de partida para a Noruega. Além de ter afirmado que achou a Rússia "sem sal", ainda reclamou de fazer tantas viagens de avião. Procurado pelo jornal 'Extra' por meio de seus perfis em redes sociais, o jovem ainda não retornou as mensagens.