Futebol

Neymar corre risco de nova lesão no pé direito, diz jornal

Segundo ex-diretor médico do PSG, região apresenta muita fragilidade

Agência O Globo
- Atualizada em

O atacante Neymar corre o risco de voltar a lesionar o pé direito, segundo Eric Rolland, ex-diretor médico do PSG, em entrevista ao  jornal francês "Le Parisien". De acordo com o especialista, o local apresenta muita fragilidade.

- O pé do Neymar é muito magro e o risco de . “El pie de  Neymar  es demasiado delgado y el riesgo de uma nova lesão no quinto metatarso (local da fratura) é muito provável - disse o Rolland, que deixou o o posto no clube francês neste verão.

Foto: Reprodução/Instagram

Neymar perdeu muitas partidas desde fevereiro do ano passado por causa de seguidas lesões. A primeira foi a fratura do quinto metartaso do pé direito após torcer o tornozelo sozinho, no início de 2018. O atacante passou por cirurgia e  voltou a tempo de disputar a Copa do Mundo da Rússia, mas admitiu, depois, que ainda sentia dores no local.

Em janeiro deste ano, o atacante do PSG sofreu uma nova fratura no local. Porém, com menos gravidade que a anterior. Três meses depois, sem necessidade de cirurgia,  ele retornou aos campos.

Porém, um mês e meio após o retorno, ele se machucou novamente no amistoso entre Brasil e Qatar. Foi constatado o rompimento do tornozelo direito que o tirou da Copa América. O tempo de inatividade do jogador, que não voltou a jogar desde então, gerou controvérsia no departamento médico.

O jogador tem treinado separadamente dos companheiros enquanto aguarda a definição do seu futuro. Nesta quinta-feira, o "L'Équipe" publicou que o PSG pediu mais de R$ 450 milhões e mais dois jogadores do Barcelona para negociá-lo.