Futebol

Neymar e Cavani já voltaram a se falar no PSG, diz imprensa francesa

De acordo com informações da imprensa francesa, os dois craques voltaram a se falar antes do treinamento de quarta-feira

Agência O Globo

Os problemas que ocorreram entre Neymar e Cavani na partida entre PSG e Lyon, no último domingo, pelo Campeonato Francês, vão ficando, aos poucos, para trás. De acordo com informações da imprensa francesa, reproduzidas pelo jornal “El País de Montevideo”, os dois craques voltaram a se falar antes do treinamento de quarta-feira. A reunião prevista para acontecer entre Antero Henrique, diretor de futebol, Unai Emery, técnico, e Cavani e Neymar, não rolou.

Na parte da noite, Daniel Alves armou um jantar no restaurante Victoria Paris para reaproximar os dois artilheiros e parece que tudo deu certo. No treinamento desta quinta, Ney e Cava já apareceram mais próximos como mostram as fotos, mas não tiveram muito contato.

Também nesta quinta, Unai Emery se pronunciou após o treinamento sobre quem será o cobrador de pênalti no time.

“Os dois têm capacidade de bater e assumirão essa responsabilidade. Quem cobrará primeiro? Direi depois para os jogadores. Decidirei antes dos jogos”, disse ele, em entrevista coletiva. Emery, é bom frisar, conversou com os dois jogadores.


A confusão

De acordo com informações divulgadas pelo jornal francês “L’Équipe”, na segunda-feira, tudo começou quando Cavani e Neymar discutiram por uma cobrança de penalidade máxima. Cavani, cobrador oficial, não aceitou que o brasileiro cobrasse. Pegou a bola após discussão com Ney, bateu e perdeu. Antes disso, Daniel Alves “escolheu” Neymar para cobrar a falta que o uruguaio queria bater.

(Foto: Reprodução)

No vestiário, Cavani reclamou com Neymar. O brasileiro, nervoso, retrucou. Foi aí que o capitão Thiago Silva e o companheiro de zaga Marquinhos precisaram chegar para separar os dois artilheiros.

Também na segunda, Cavani falou sobre o assunto e minimizou o problema.

“Essas são coisas que criam. Não sei porque criam todas essas histórias. Na verdade, creio que, às vezes, são questões que se passam no futebol. É uma história que soube agora, falando com meu irmão, de que Cavani não deixa bater pênaltis ou tem um problema com Neymar. A verdade é que não tem problema nenhum”, disse ao programa "Gol de Medianoche", da "Radio Universal".

Na terça, o jornal “Sport” divulgou que Neymar exige que Cavani seja negociado pelo clube francês.