Futebol

Neymar é suspenso três jogos pela Uefa por insultar arbitragem

Jogador classificou o sistema como uma "desgraça" em uma rede social

Agência O Globo
Neymar foi suspenso por três partidas pela Uefa por insultar a arbitragem do duelo entre Paris Saint-Germain e Manchester United, no dia 6 de março, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Assim, o camisa 10 vai perder os jogos de ida da fase de grupos da próxima Liga dos Campeões 2019/2020.
O craque não entrou em campo, mas acompanhou a partida em um camarote no Estádio Parque dos Príncipes, já que se recuperava de uma lesão no quinto metatarso do pé direito. Depois que o PSG foi superado por 3 a 1, em casa, o camisa 10 usou as redes sociais para criticar a arbitragem e a tecnologia do árbitro de vídeo (VAR). O time foi eliminado depois dessa derrota.
Neymar classificou o sistema como uma "desgraça" em uma rede social. Uma semana depois, a Uefa anunciou que iria investigar o jogador. "Uma investigação disciplinar ligada aos comentários do jogador Neymar, do PSG, foi iniciada com base no Artigo 31 (3) das Regulamentações Disciplinares da Uefa. Informações a respeito desta investigação serão disponibilizadas no devido momento", diz o comunicado.
Neymar perdeu os dois jogos por ter machucado o pé em janeiro.