Futebol

Neymar fala sobre atos racistas em partida: 'Não escuto coisas fora do campo'

Jogadores do Barcelona sofreram com as provocações dos torcedores do Espanyol

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Os jogadores do Barcelona sofreram na partida contra o Espanyol, no sábado (2), dentro e fora dos gramados. O jogo, que terminou com empate em 0 a 0, foi marcado por gritos da torcida contra os visitantes. O brasileiro Neymar, por exemplo, foi vítima de atos racistas da arquibancadas. Após o treino na manhã desta segunda-feira (4), o craque contou que não presta atenção no que ocorre fora do campo."Não escutei os gritos. Não escuto coisas fora do campo, apenas jogo futebol", contou o jogador em coletiva, segundo o jornal espanhol “AS”.
(Foto: Reprodução/ Instagram)
No jogo, Neymar foi alvo dos gritos da torcida do Espanyol no Estádio Cornellà-El Prat. Um TV espanhola, inclusive, divulgou um vídeo do momento em que parte do público fez sons de macaco para o atacante.Ainda de acordo com o jornal, o Barcelona pediu à Liga Espanhola as imagens da partida e investigação sobre o ocorrido. O presidente do Espanyol, Joan Collet, negou que sua torcida tenha feito qualquer gesto discriminatório contra o atacante.