Esportes

Olimpíada: Tandara, da seleção de vôlei, testa positivo no doping e está fora dos Jogos

Sem a oposta, o técnico José Roberto Guimarães precisa encontrar uma substituta a poucas horas do jogo com as coreanas

Agência O Globo
- Atualizada em

Às vésperas da semifinal do torneio de vôlei feminino, contra a Coreia do Sul, a seleção brasileira foi pega de surpresa com uma notificação de exame antidoping que testou positivo. O Comitê Olímpico do Brasil (COB) informou na noite desta quinta (manhã de sexta no Japão) que a oposta Tandara fo suspensa porque "violou a regra antidopagem".

A substância encontrada não foi revelada. O COB explicou apenas que o exame foi realizado fora do período de competição, durante os treinos no CT em Saquarema. Tandara já foi afastada do grupo e vai retornar para o Brasil.

O jogo contra a Coreia do Sul é nesta sexta, às 9h. De acordo com o COB, em princípio não há o risco de, caso a equipe conquiste uma medalha, o resultado ser contestado. Para isso, seria necessário que outras jogadoras também testassem positivo.

O problema maior é dentro das quadras. Sem a oposta, o técnico José Roberto Guimarães precisa encontrar uma substituta a poucas horas do jogo com as coreanas. Ele conta com duas opções no elenco: Nathália e Rosamaria.

Confira, abaixo, a nota do COB na íntegra:

"O Comitê Olímpico do Brasil recebeu nesta madrugada no Japão, através da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), a notificação quanto à suspensão provisória por potencial violação de regra antidopagem pela atleta Tandara Caixeta, da seleção feminina de voleibol. O teste foi realizado no período fora de competição no centro de treinamento da modalidade em Saquarema no dia 7 de julho. Tandara retornará ao Brasil.


A equipe feminina de voleibol disputa partida semifinal dos Jogos Olímpicos contra a Coréia do Sul esta noite, 8/8, às 21h (Japão)"