Mais Esportes

Para Alonso, mais vale correr na Ferrari que ganhar o mundial

Bicampeão mundial acredita ser mais importante para um piloto trabalhar para a Ferrari do que ganhar um campeonato

Do Globoesporte.com (esportes@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Quando saiu da Renault o espanhol foi procurado pela RBR

Fernando Alonso diz não se arrepender de ter optado pela Ferrari ao invés de se unir à RBR no ano passado, quando deixou a Renault. O bicampeão mundial declarou ainda que poderia ter mais títulos mundias na Fórmula 1 se tivesse se unido à equipe austríaca, mas não seria tão feliz como agora. Para o espanhol, vale muito mais trabalhar na escuderia italiana do que ter uma sequência de vitórias no Mundial de pilotos.


"Não, eu não me arrependo (de não aderir a RBR). Eu poderia ter três ou quatro campeonatos mundiais, mas não seria tão feliz como estou agora, nem estaria pilotando uma Ferrari. Eu acho que é mais importante para um piloto trabalhar para a Ferrari do que ganhar um campeonato mundial", disse Alonso, segundo informações do jornal espanhol "As".


Caso estivesse na RBR, Alonso afirmou que não teria problema em dividir a equipe com Sebastian Vettel, já que está acostumado com grandes rivalidades. "Não tenho nenhum problema em compartilhar uma equipe com alguém. Tenho a sorte de ter grandes pilotos (ao meu lado), apesar de que, quando dividem uma escuderia comigo, parece que perdem velocidade e tornam-se maus pilotos", disse ele.


O espanhol garante que também não seria conflitante a voltar à mesma equipe de Lewis Hamilton, seu antigo parceiro na McLaren, com quem teve uma relação conturbada dentro e fora das pistas na temporada 2007. "Eu tenho total respeito por ele. Desde que não fosse na McLaren, dividir uma equipe com Hamilton estaria bem", acrescentou Alonso.