Para Weidman, Lyoto Machida é mais completo que Anderson Silva

Atletas se enfrentam neste sábado no card principal do UFC 175, em Las Vegas, nos Estados Unidos

Redação iBahia (esportes@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Dono do cinturão dos pesos médios do UFC, conquistado após vencer Anderson Silva, o lutador Chris Weidman terá mais um brasileiro pela frente. Neste sábado cinco, o Weidman encara o baiano Lyoto Machida, no card principal do UFC 175, que será realizado em Las Vegas, nos Estados Unidos. Para o americano, o duelo será difícil, já que Lyoto é mais completo que Spider. 


Saiba tudo que acontece no Mundo do MMA 

"É difícil comparar, mas acho que o Lyoto é mais completo do que o Anderson Silva. Digo isso em relação ao quanto ele é perigoso na trocação e na movimentação. O Anderson Silva também tinha isso, mas acho que o Lyoto tem mais. O wrestling dele também é melhor. E, fisicamente, é um pouco mais forte", disse o americano em bate-papo com jornalistas.

Duelo com Spider - Vitorioso no primeiro confronto contra Anderson Silva, Weidman surpreendeu o mundo ao tomar o cinturão do brasileiro que nunca havia perdido uma luta na entidade. O lutador explica como conseguiu vencer Spider. 

"Na primeira vez que nocauteei o Anderson, disseram que tive sorte porque ele estava com as mãos abaixadas. Mas é isso o que ele faz, e eu foquei nisso. O trabalho dele é dar socos na cara dos outros, e o meu também. Ele levou um soco na cara e caiu. Faz parte do esporte. A segunda luta definitivamente não terminou da maneira como eu queria. Ver uma lesão daquelas é terrível. O que você quer é nocautear ou finalizar o adversário. Aquilo não é normal. Eu não fiquei feliz depois da luta. Eu mal conseguia sorrir. Até tentei, meus treinadores me incentivavam. Mas acho que eu tive uma vitória limpa", explicou Weidman.