Mais Esportes

Prost reprova documentário sobre Senna e revela conversas desconhecidas

No documentário, francês diz que é retratado como vilão e revela outras faces de Senna. "Ele me ligava para contar segredos"

Da Redação (esportes@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Prost reclama de documentário: "estou muito chateado"

Inimigo histórico de Ayrton Senna nas pistas, o francês Alain Prost assistiu recentemente ao documentário sobre o piloto brasileiro, morto em 1994. E ele foi direto na avaliação: não gostou. "Estou muito, diria, chateado", disse o ex-piloto, segundo o Uol. Prost já havia dito que não queria ver o filme porque, na história, ele é retradado com um vilão.Confira o trailer do filme sobre Ayrton Senna"As pessoas entenderiam muito melhor o que aconteceu quando brigávamos, pois ele estava lutando assim, e as pessoas entenderiam melhor os últimos três ou quatro meses, quando ele me ligava quase que uma ou duas vezes por semana para me fazer perguntas, me pedindo para voltar a GPDA [Associação dos Pilotos de Grandes Prêmios], fazendo perguntas sobre a Williams, sobre segurança, sobre vida pessoal. Segredos muito grandes que nunca vou contar a ninguém", disse o ex-piloto.Prost também chamou a atenção para outros comportamentos de Senna, diferentes do que os fãs brasileiros estavam acostumados. "Explico em 30 segundos: gastei muito tempo filmando para isso, fiquei muitas, muitas horas tentando explicar as coisas. Tínhamos um Ayrton Senna antes da F1, um Senna de quando lutávamos na F1 e tínhamos um Ayrton Senna de quando eu me aposentei".A rivalidade entre Senna e Prost foi uma das maiores da Fórmula-1. Enquanto o Francês é tetracampeão mundial, Senna conquistrou o tri antes de morrer. Eles fora companheiros de equipe na Mclaren, onde o piloto brasileiro conquistou todos os seus títulos mundiais. Veja aqui mais notícias sobre esportes no iBahia