Futebol

Quatro hipóteses para desaparecimento do jogador Emiliano Sala

Na segunda-feira, Emiliano Sala, recém-contratado pelo Cardiff, estava a bordo de um avião que perdeu contato com os radares sobre o Canal da Mancha

Agência O Globo
- Atualizada em

A polícia de Guernse – ilha situada no Canal da Mancha, na França –, cogita quatro possibilidades para o sumiço do avião do jogador Emiliano Sala, que desapareceu ao lado do piloto na noite de terça-feira em um monomotor. Em seu perfil oficial no Twitter, as autoridades divulgaram as principais suposições para o que tenha ocorrido.

1 – Eles pousaram em outro lugar, mas não fizeram contato;

2 – Eles desembarcaram na água e resgatados por um navio que passava, mas não fizeram contato;

3 – Eles pousaram na água e subiram no bote que sabemos que estava a bordo;

4 – O avião quebrou em contato com a água, deixando-os no mar.

A Polícia Britânica coloca a terceira opção como principal prioridade nas buscas dos desaparecidos.

“Nossa área de busca é priorizada na opção de bote salva-vidas”, disse a polícia de Guernsey, no Twitter.

Na segunda-feira, Emiliano Sala, recém-contratado pelo Cardiff, estava a bordo de um avião que perdeu contato com os radares sobre o Canal da Mancha. As guardas costeiras do Reino Unido e da França estavam à procura do avião monomotor, que desapareceu durante voo de Nantes, no oeste da França, para a cidade galesa de Cardiff.

O atacante, de 28 anos, foi contratado na semana passada pelo Cardiff, que disputa a primeira divisão do Campeonato Inglês, do FC Nantes por 17 milhões de euros, um recordo para o clube galês. Ele jogava na França desde 2012.