Futebol

Saiba o que muda na Copa do Nordeste 2018; sorteio é hoje

Número reduzido de clubes na fase de grupos e ausência do Sport são as principais novidades do Nordestão

Vitor Villar*, Correio 24 horas (vitor.villar@redebahia.com.br)
- Atualizada em

O Bahia é o atual campeão da Copa do Nordeste, depois de ter vencido o Sport em maio e igualado o rubro-negro pernambucano com três títulos regionais. O Vitória segue o maior vencedor, com quatro títulos do Nordestão e um do Troféu José Américo de Almeida Filho (que, em 2012, a CBF considerou como equivalente em seu guia oficial), mas não ergue um troféu desde 2010.

Acontece que o formato de competição vencido pelo Esquadrão em 2017 não existirá mais a partir do ano que vem. A Copa do Nordeste que será lançada na noite desta quarta-feira (6), em São Luís, com o sorteio dos grupos da fase de grupos, traz novidades.

A Orelhuda é o objeto de cobiça dos clubes (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)

Quem está no sorteio?

Serão quatro potes com quatro times em cada. Melhores colocados no ranking da CBF, a dupla Ba-Vi está no pote 1 junto com os outros dois cabeças de chave, Ceará e Santa Cruz.

A distribuição entre os potes 2 e 3 também segue o ranking nacional. Os quatro grupos a serem formados para a primeira fase terão uma equipe de cada pote. O sorteio terá início pelo pote 4, com os times que se classificaram da fase preliminar:

Pote 1: Vitória, Bahia, Ceará e Santa Cruz

Pote 2: ABC, Sampaio Corrêa CRB e Botafogo-PB

Pote 3: Salgueiro, Confiança, Altos e Ferroviário

Pote 4: CSA, Globo-RN, Náutico ou Itabaiana-SE e Treze-PB ou Cordino-MA

Por que só 16 times?

Assim como nas últimas três edições, a Copa do Nordeste 2018 continuará com 20 participantes, com três clubes de Bahia e Pernambuco mais dois representantes dos demais sete estados. A diferença é que, para torná-la mais competitiva, os clubes aprovaram, em assembleia, a redução para 16 equipes na fase de grupos.

Destas, 12 tiveram vaga direta: os campeões e vice-campeões de Bahia, Pernambuco e Ceará mais os campeões dos outros seis estados.

Os terceiros colocados de Bahia e Pernambuco mais os vice-campeões dos demais estados – exceto o Ceará – disputaram uma fase preliminar, que começou em agosto e teve quatro confrontos.



Cadê o Sport?

Atual vice-campeão do Nordeste, o Sport teria vaga direta na fase de grupos por ter sido campeão pernambucano de 2017. Porém, por discordar dos valores da premiação do regional, o Leão da Ilha abriu mão de disputá-lo no ano que vem.

A saída do Sport fez com que o Santa Cruz, terceiro colocado do Pernambucano e que disputaria a fase preliminar, ganhasse vaga direta na fase de grupos. Por consequência, o Náutico, quarto colocado, foi chamado para disputar o pré-Nordestão.

Cadê o terceiro time baiano?

Terceiro colocado do Baianão 2017, o Fluminense de Feira disputou a fase preliminar da Copa do Nordeste com o Globo-RN, vice-campeão do Potiguar, em agosto. O Touro do Sertão acabou eliminado após empate em 1x1 em Feira de Santana e derrota por 2x0 em Ceará-Mirim (RN).

O outro confronto da fase preliminar foi CSA x Parnahyba-PI, em que o time alagoano se saiu melhor.

Ainda tem participante indefinido?

Sim. O Náutico só enfrentará o Itabaiana-SE em janeiro de 2018, assim como o duelo entre Treze-PB e Cordino-MA, ambos pelo pré-Nordestão.

O motivo é que os times de Sergipe, Paraíba e Maranhão teriam calendário neste segundo semestre de 2017 e, por isso, pediram o adiamento de seus duelos para o ano que vem.

Quantos passam de fase?

Esta é outra mudança do regulamento. Nas últimas edições, com 20 participantes e cinco grupos na primeira fase, apenas os líderes de cada chave mais os três melhores segundos colocados avançavam para as quartas de final.

Agora, ficou mais simples: após jogos de ida e volta dentro dos grupos, os líderes e vice-líderes de cada chave avançarão para as quartas de final. A partir daí, se enfrentarão também em jogos de ida e volta até o campeão ser definido.

*O repórter viajou a convite do Esporte Interativo.