Futebol

Saiba quais campeonatos estaduais seguem paralisados por conta da pandemia

Apesar do agravamento da pandemia, muitos governos estaduais mantiveram a realização dos jogos

Redação iBahia

A pandemia do novo coronavírus, em 2020, afetou todo futebol nacional. Foram em torno de quatro meses de paralisação, que atrasou o final dos campeonatos estaduais e o início do Campeonato Brasileiro. Agora, apesar do agravamento da pandemia, com o número de mortes diárias batendo recordes, muitos governos estaduais mantiveram a realização dos jogos - sem público - e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) afirmou que não irá paralisar as competições nacionais.

Alguns estados decretaram a paralisação do futebol, como o Ceará, e outros encerraram o decreto que proibia os jogos, como é o caso de São Paulo. O governador João Dória anunciou nesta sexta-feira (9) o retorno das partidas do Campeonato Paulista.

Por outro lado, o Campeonato Mineiro corre o risco de paralisar, após pedido do Ministério Público e Defensoria da União. Neste domingo (11), está marcado para acontecer o principal clássico local, entre Atlético Mineiro e Cruzeiro.

O Campeonato Paraense chegou a ficar paralisado até o final de março. Agora, o governo do Estado deu às prefeituras autonomia para decidir pela paralisação ou não. Em Curitiba, capital do Paraná, a bola segue sem rolar.

Na Bahia, o Campeonato Baiano não sofreu nenhuma paralisação. O governador Rui Costa já descartou parar o futebol, já que entende que é uma atividade que "não gera aglomeração" e que, no entendimento do governo, "os atletas estão confinados".

No Rio de Janeiro, o campeonato também não chegou a ser paralisado, apesar da pressão do prefeito Eduardo Paes. Predominou a decisão do governador Cláudio Castro, que sempre apoiou a continuidade dos jogos.

O governo Cearense anunciou nesta semana data para a retomada gradual das atividades: a partir de 12 de abril, esta segunda-feira. Com isso, a expectativa é que os jogos também sejam liberados.