Futebol

Sete anos atrás, Cristiano Ronaldo foi acusado de pagar por sexo com menor de idade

Situação teria acontecido sete meses depois da passagem do craque pelos Estados Unidos

Agência O Globo

Lidando com acusações de ter estuprado a americana Kathyrn Mayorga em uma viagem a Las Vegas, em 2009, Cristiano Ronaldo já foi acusado de ter pago para fazer sexo com uma menor de idade na Itália, em janeiro de 2010. A situação teria acontecido sete meses depois da passagem do craque pelos Estados Unidos.

De acordo com o tablóide inglês The Sun, a dançarina Karima El Mahroug acusou o português de ter pago quatro mil euros para passar uma noite com ela, que tinha 17 anos na época, em um hotel em Milão. Nenhuma processo oficial chegou a ser feito contra Cristiano Ronaldo, que negou a história e afirmou nunca ter conhecido Karima, além de não estar na Itália no período em que o crime teria acontecido.

A mesma Karima El Mahroug acusou também o ex-Primeiro Ministro Italiano, e ex-dono do Milan, Silvio Berlusconi. Ao contrário do português, o magnata italiano teve que responder na justiça e chegou a ser condenado. Em 2014, porém, em um apelo da justiça, a sentença foi anulada.