Mais Esportes

Sobe para 17 o número de atletas flagrados no exame antidoping no Pan de Toronto

A edição do Canadá é agora a segunda com maior número de casos de doping na história do Pan

Redação Correio 24h
- Atualizada em

A Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa) divulgou nesta semana o resultado de outros seis exames antidoping positivos flagrados nas competição de Toronto, no Canadá, que ocorreu entre os meses de junho e julho deste ano. 




Patrick Mendes, atleta brasileiro flagrado no exame antidoping no Pan do Canadá
(Foto: Divulgação)


ADVERTISEMENT

Um deles foi o da peruana Gladys Tejeda, medalhista de ouro na maratona. Gladys teve o título cassado e a brasileira Adriana Aparecida, segunda colocada, herdou a medalha de ouro. O brasileiro Patrick Mendes, atleta do levantamento de peso, testou positivo para dehidroclorometiltestosterona, no entanto, seu caso já havia sido divulgado.


Com a confirmação desses seis casos, subiu para 17 o total de atletas flagrados no exame antidipoing no Pan do Canadá, o segundo maior da história da competição. O primeiro lugar permanece com a edição de 1983, em Caracas (Venezuela), quando foram flagrados 19 atletas no exame.

Correio24horas