Copa 2018

Thiago Silva revela xingamento de Neymar por fair play: 'Hoje fiquei triste com ele'

Zagueiro, mesmo assim, saiu em defesa do atacante, a quem chamou de irmão mais novo

Diogo Dantas, Bruno Marinho e Igor Siqueira, da Agência O Globo

Capitão da seleção brasileira, o zagueiro Thiago Silva revelou que, além do choro de Neymar, o camisa 10 também o xingou depois de ele devolver a posse de bola para a Costa Rica, em um lance de cera do adversário do Brasil. O zagueiro, mesmo assim, saiu em defesa do atacante, a quem chamou de irmão mais novo, em relação às críticas sobre o destempero na partida e o choro após o gol.

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

"Tenho ele como irmão mais novo, procuro cuidar dele. Hoje fiquei triste com ele, quando devolvi a bola ,ele me xingou muito. Teoricamente ele estava certo, porque eles fizeram muita cera. Mas não era aquela bola que ia fazer a gente ganhar. Fiquei muito triste com o xingamento dele", disse o camisa 2 do Brasil, que fez uma boa partida.

Os questionamentos sobre Neymar foram todos respondidos por Thiago Silva com a defesa de que não se pode cobrar o melhor do craque depois de três meses sem atuar por noventa minutos em sequência, devido a uma fratura no pé direito. A volta por cima após a lesão foi a justificativa para o destempero, na opinião do capitão.

"A gente tenta responder em campo. É apenas o segundo jogo dele, 90 minutos, depois de três meses. Quem vem de uma lesão assim sente o peso. E ele está chamando a responsabilidade", destacou o zagueiro, completando:

"Ele (Neymar) tem uma grande personalidade. Não é todo mundo que assume a responsabilidade que ele tem hoje. Ele foi merecedor do gol, merecemos a vitória, e acredito que tiramos um peso das costas de todo mundo".

Em dois jogos, Neymar foi assunto por conta de faltas sofridas - 10 contra a Suíça - e agora por causa do pênalti anulado pela arbitragem de vídeo. Em segundo plano, a atuação da seleção sofreu críticas mais uma vez, apesar do placar no fim. Thiago Silva acredita que a evolução tem acontecido e vai seguir na terceira partida contra a Sérvia.

"A tendência é que melhore. Gostei mais do que o primeiro jogo, em que a tensão é muito grande. Merecíamos o resultado pelo que apresentamos. Acreditamos até o final, depois de o pênalti ser anulado", enalteceu o zagueiro.