Futebol

Tite convoca nesta sexta e tenta fugir de nova polêmica com clubes

Nesta sexta, às 11h, o treinador vai anunciar a lista de convocados para esses dois compromissos, nos dias 12 e 16 de outubro, em Riad e Jeddah , na Arábia Saudita

Agência O Globo
- Atualizada em

Tendo como próximos adversários uma frágil seleção e também a maior rival do Brasil, Tite poderá testar a seleção em duas situações. Contra a Arábia Saudita, é a chance de dar rodagem a mais uma turma de novatos. Diante da Argentina, o primeiro jogo robusto desde a Copa do Mundo, com a ressalva de ser um amistoso. Nesta sexta, às 11h, o treinador vai anunciar a lista de convocados para esses dois compromissos, nos dias 12 e 16 de outubro, em Riad e Jeddah , na Arábia Saudita.

Depois da confusão que a última lista causou, com as críticas dos clubes pelo conflito entre as partidas da seleção e o calendário do futebol nacional, a CBF já avisou que jogadores dos times classificados à final da Copa do Brasil não estarão convocados. O primeiro duelo final da competição será no dia 10 de outubro, data em que a delegação já estará treinando em Londres.

Foto: Reprodução

A questão é que a definição dos finalistas só acontecerá na próxima quarta-feira. Até ontem, a comissão técnica ainda não tinha resolvido se já de antemão deixaria fora jogadores dos quatro semifinalistas (Flamengo, Corinthians, Palmeiras e Cruzeiro) ou se convocaria independentemente da Copa do Brasil , assegurando posterior liberação a quem for à final. Levando em conta a última convocação, essa decisão envolve Lucas Paquetá, Fágner e Dedé.

Contra os árabes, não é esperada dificuldade. Diante dos argentinos, que estão em reconstrução, Tite já avisou que não trata como jogo amistoso e irá com força máxima. Sendo assim, haverá cota de jogadores experientes para manter a combinação que o treinador gosta: desempenho e resultado, mesmo em um período de experiências visando montagem do time para Copa América.