Futebol

Tite se 'liberta' após vaga nas oitavas: 'Vou tomar caipirinha hoje'

Tite deu um tom de satisfação, dentro de um quadro no qual considera a equipe ainda em evolução dentro da Copa

Bruno Marinho e Igor Siqueira, da Agência O Globo

O alívio pela vitória era nítido. A serenidade no discurso pós-classificação às oitavas de final da Copa do Mundo fez Tite admitir que vai fugir do "roteiro" típico da concentração para comemorar o avanço da seleção brasileira na competição.

- Aparentemente, (estou) em paz. Vou tomar caipirinha hoje, eu me permito - avisou o treinador, durante a coletiva no Spartak Stadium, após a vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, na última partida do Grupo E da Copa da Rússia.

A declaração se enquadra em um comportamento mais leve que o treinador fez questão de externar desde a véspera da partida.

Ainda sóbrio após o jogo, Tite enxergou uma seleção brasileira que foi muito regular, dentro de um desempenho considerado bom, mas admitiu que houve um momento de risco dentro da partida. E por causa disso precisou usar Fernandinho diante dos sérvios.

Foto: MoWA Press/André Mourão
- Aquele momento pedia o Fernandinho, porque dá articulação de passe, consistência. A partir do momento em que ele entrou, retomamos a parte central do campo e as ações ofensivas para ter volume. Com exceção desses minutos, uma atuação regular em cima de um bom desempenho. Foi limiar durante o jogo, isso vai dando consistência - comentou o treinador.

Em uma avaliação geral sobre a primeira fase da seleção brasileira, Tite deu um tom de satisfação, dentro de um quadro no qual considera a equipe ainda em evolução dentro da Copa.

- Não tem jeito de tirar 100% do time, porque é desumano. Procuro desafiar os atletas a crescerem. Se atingir determinado ponto, desafiar para que atinjam maior. Eu não sei onde essa equipe pode chegar - completou o treinador.

Após a vitória sobre a Sérvia, o Brasil terminou em primeiro no Grupo E, com sete pontos, e vai enfrentar o México nas oitavas de final da Copa do Mundo. O confronto será segunda-feira, em Samara.