Estúdio iBahia

Filha da sanfona: conheça Cris Lima, a primeira cantora de Piseiro do Brasil

Cris Lima é a sexta dos 9 artistas que integram a nova edição do Estúdio iBahia

Mayra Lopes (mayra.lopes@redebahia.com.br)

Bom humor não lhe falta. Ela é realmente dona de um sorriso contagiante. Sua história é cheia de superação, mas também de muito amor. Nordestina, baiana, filha do sanfoneiro, mãe, esposa, mulher, advogada e primeira cantora de piseiro do Brasil. Estamos falando de Cris Lima, sexta artista da mais nova edição do Estúdio iBahia.

A Cheirosa, como é chamada pelos fãs, começou a cantar aos 14 anos. Desde de muito nova, ela já sabia que os palcos lhe proporcionavam segurança e muita alegria. Porém, foi no grupo ‘Cheiro de Forró’ que ela ganhou reconhecimento. Ao falar dessa trajetória, que já passa dos 30 anos, ela destacou que evidenciar sua identidade sempre foi um valor inegociável. 

“Sempre estive em meio a música. Na verdade, a música sempre esteve em mim. Venho de uma família musical, filha de sanfoneiro. Iniciei nos palcos ainda adolescente na banda Cheiro de Forró e a medida que o trabalho com a banda crescia, crescia também a curiosidade do público em relação a cantora Cristiane. Com a banda expandindo, nasceu a necessidade e o desejo de assumir uma identidade mais individual. A ‘Cris Lima’ nasceu do desejo de imprimir a minha verdade musical com a necessidade de acompanhar o mercado da música”, pontuou a artista.

Cris Lima começou a cantar com 14 anos (Foto: Reprodução/Instagram)
  

Por ser considerada a primeira cantora de piseiro do Brasil, as responsabilidades são claras. Mas, ao mesmo tempo, Cris impressa leveza e diversão em tudo que faz. Quando questionada sobre isso, a artista disse estar orgulhosa da própria trajetória. 

“Eu sou Nordestina, tenho um orgulho danado dessa minha raiz e o piseiro é um ritmo do Nordeste, uma vertente do forró !! Ver o Nordeste quebrando mais barreiras é muito massa!! Eu não consigo falar do amor pelo piseiro de forma singular, pois o meu amor pelo Nordeste é algo que transcende. Eu amo tudo que o Nordeste produz, o piseiro é uma das delícias que vem dele, então é amor verdadeiro”, declarou. 

Quanto as expectativas do ritmo musical que já ganhou o país e tem muitos representantes, Cris não pensou duas vezes. “As minhas expectativas para o ritmo? Ahh...elas são as melhores, o movimento não para de crescer, que venham mais artistas para o segmento. E com certeza está sendo o melhor momento da minha carreira, estou dentro do movimento que mais cresce no mercado musical”, constatou. 

A 'Cheirosa', como é chamada pelos fãs, tem mais de 30 anos de carreira (Foto: Reprodução/Instagram)


Herança musical

Apesar de ter o pai como principal referência, Cris comentou sobre suas inúmeras influências musicais. O forró é de fato um ritmo em que ela mais transitou, mas a herança de grandes nomes a fizeram, e ainda faz, a diferença nesta construção rítmica da cantora. 

“Cresci ouvindo o meu pai executar as canções de Luiz Gonzaga, Dominguinhos e entre outros artistas do tradicional, mas ao mesmo tempo ouço e sou apaixonada por artistas que tem o dom de paralisar, como Ivete Sangalo. Meu Deus, como ela é completa! Minha admiração é tão grande por Ivete que não consigo expressar direito o que sinto. Mas também fico paralisada com Pabllo Vittar e a cantora Iza, elas são completas. Tenho ainda como referência Solange Almeida e toda a turma, que ousadamente trouxe uma nova sonoridade para o mercado musical como por exemplo: Tarcísio do Acordeon, Zé vaqueiro, Barões da Pisadinha e entre outros do seguimento Piseiro”, descreveu Lima.

Ainda na entrevista, e depois de tantos exemplos, Cris acabou revelando o que não sai do streaming. 

“Eu ouço de tudo, mas amo som que tenha batida alegre, alto astral, gosto de energia Up, corro de tristeza rss… Os artistas de piseiros não faltam nos meus streamings, um forró tradicional também não. Ivete é presença garantida...na verdade o som que a Bahia produz sempre está presente nos meus streamings, alô Márcio Victor (psirico) meu amor! Esse é muito massa”, brincou a cantora.

Cris tem muitas referências musicais, entre elas Luiz Gonzaga e Ivete Sangalo (Foto: Acervo / Cris Lima)


Retomada aos palcos
Para muitos, a pandemia gerou conflitos. Mas, não foi o caso de Cris. Para a artista, foi um período de muita criação e trabalho. “A pandemia foi o período que mais criei e produzir conteúdo. Não tinha outra alternativa a não ser fazer do limão a limonada. Mas graças a Deus o retorno no digital foi acontecendo aos poucos e isso foi me motivando, como também, a toda equipe. Não foi fácil, como ainda não está sendo, mas a fé e a certeza que tudo iria passar sempre estiveram presentes e isso fez o diferencial”, disse ela.  

E não para por aí. Cris está cheia de projetos e expectativas para a retomada dos shows e do setor de entretenimento de forma geral. Ela não contou muitos spoilers, porque tudo está em fase de planejamento, mas alegria expressada por ela já foi o suficiente para prevermos grandes lançamentos. 

“A minha expectativa é que possamos voltar a trabalhar o quanto antes!! É extremamente angustiante ficar longe dos palcos, do calor humano das pessoas. Mas tenho consciência que se faz necessário todo o processo, por isso vamos VACINAR minha gente!!! Mas em quanto tudo não se normaliza, já estou preparando alguns lançamentos o que acontecerá nos próximos meses !! E posso adiantar a vcs que um deles será um feat massa!! Daqueles que a gente ama e que vai pegar fogo no verão”, declarou a artista. 

“É isso!! Estou ansiosa para está de volta aos palcos, matar a saudade dos fãs, porque eles são especiais demais, estão sempre comigo...E isso é perfeito, é divino!!  Só tenho uma palavra para dizer a cada um deles: GRATIDÃO! É muito bom ter vcs comigo”, finalizou a artista. 


Confira o Estúdio iBahia com Cris Lima