Mobilidade urbana

Com 90% das obras dos trechos 1 e 3 concluídas, BRT de Salvador deve entrar em funcionamento em setembro

Obra deve ser totalmente entregue em meados de 2023, segundo secretário de Mobilidade

Redação iBahia
19/07/2022 às 21h45

2 min de leitura
Foto: Divulgação

Nos últimos meses, o trânsito de Salvador tem sofrido mudanças para dar continuidade as obras do BRT. Com os trechos 1 e 3 concluídos, a expectativa é de que o modal comece a funcionar no mês de setembro, segundo o Secretário de Mobilidade Urbana, Fabrizzio Muller.

“A primeira etapa, que é o BRT trecho 1 e 3, que vai da região do Shopping da Bahia até a região da Pituba, deve ficar pronta já no mês de agosto, e tem previsão de início já para setembro.”, contou o secretário.

Segundo o gestor, já o trecho 2, que vai do Parque da Cidade até a região da Lapa, deve ficar pronto até meados do próximo ano. Para dar seguimento as obras do trecho, a partir desta terça-feira (19), o trânsito na Rua Lucaia, no Rio Vermelho, vai ser alterado.

“Essas obras agora mais intensas, ali na região da Lucaia, um trecho mais apertado, com menor possibilidade de desvios, o que acaba trazendo um pouco mais de comprometimento ao trânsito, mas é uma etapa que deve ficar pronta já no início do próximo ano. E de forma total, até meados do próximo ano essa obra deve estar conclusa e aí nós teremos todo o circuito do BRT pronto e operando.”, explicou.

Ainda segundo o secretário, após a finalização das obras na região da Rua Lucaia, mudanças serão feitas também na Avenida Vasco da Gama, onde atualmente existe uma via exclusiva para ônibus urbanos.

“Os motoristas da Vasco utilizam hoje a faixa de ônibus existente, claro que ela vai ser toda reformulada, estações vão ser construídas, até porque a bilhetagem do BRT é diferente dos ônibus. Ela é feita dentro das estações, o que permite o embarque mais rápido nas estações e ele chega até a região da Lapa, também via exclusiva. Haverá ali também um complexo de elevados ali na altura dos Barris, permitindo o acesso exclusivo para a Lapa”, contou.

A previsão da prefeitura é que, quando estiver em total operação, cerca de 300 mil passageiros sejam beneficiados diariamente.

Leia mais sobre Fala Bahia em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias.