Iniciativa ajuda na divulgação de pessoas desaparecidas na Estação da Lapa, em Salvador


Foto: Divulgação

A Polícia Civil da Bahia, em parceria com a Estação Nova Lapa, iniciou nesta terça-feira (16), uma campanha para encontrar pessoas desaparecidas por meio de exibição de imagens e informações sobre as vítimas nos painéis eletrônicos da estação.

A delegada Andréa Ribeiro, diretora do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, destaca a importância da ação em um local por onde passam cerca de 450 mil pessoas diariamente.

“A ideia é com essa divulgação a gente consiga otimizar a localização dessas pessoas desaparecidas e fazer com que elas possam retornar aos seus lares, as suas famílias. Foram instalados na Estação da Lapa, um local de grande trânsito de pessoas, então a ideia é que essas informações acabem sendo difundidas de forma mais rápida, mais célere, e que sejam visualizadas por mais pessoas e com isso conseguir informações sobre essas pessoas que tendem a aumentar”, afirma.

Em caso de identificação de alguma vítima, a delegada Andréa Rebeiro explica que a população pode entrar em contato com os canais de comunicação da Polícia Civil.

“A gente disponiliza canais de divulgação para que você possa informar sobre a localização dessas pessoas como o nosso número de WhatsApp, o nosso Disque Denúncia, 181, e a informação também pode ser realizada através das redes sociais, Facebook e Instagram. Então, temos todos esses canais aí de comunicação a fim de que essas informações cheguem à nossa equipe para que a gente possa dar baixa nessas ocorrências de pessoas desaparecidas”, explica.

Vale destacar que as imagens que estão sendo divulgadas pela campanha fazem parte do registro de desaparecimento do DHPP e à medida que as vítimas forem encontradas os registros serão substituidos nos painés da Lapa.

Caso uma das vítimas seja identificada, basta ligar para o Disque Denúncia por meio do número 181, ou mandar mensagem para o WhasApp (71) 99631-6538.

Leia mais sobre Salvador em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias.