Notícias

Após confirmação de adiamento do ENEM, MEC abre consulta sobre novas datas para o exame

Os participantes vão poder escolher entre três opções de períodos para as provas

Da Redação (falabahia@redebahia.com.br)

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou em uma rede social que o MEC, entre os dias 20 e 30 de junho, irá abrir a enquete com os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a definição da nova data da avaliação. A informação foi confirmada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame.

Abraham Weintraub era contrário ao adiamento do exame, marcado anteriormente para novembro. As redes de ensino pediram a mudança de datas por causa do fechamento de escolas em decorrência da pandemia. O MEC só concordou com a remarcação por causa da iminência de decisão do Congresso nesse sentido - o Senado chegou a aprovar um projeto pelo adiamento.

As opções de datas são as seguintes:

- Opção 1-

Enem impresso (6 e 13 de dezembro de 2020) / Enem digital (10 e 17 de janeiro de 2021)

- Opção 2- 

Enem impresso (10 e 17 de janeiro de 2021) / Enem digital (24 e 31 de janeiro de 2021)

- Opção 3-

Enem impresso (2 e 9 de maio de 2021) / Enem digital (16 e 23 de maio de 2021)

Os inscritos poderão responder à consulta entre os dias 20 e 30 de junho. “Cada um poderá votar individualmente em sua Página do Participante”, destacou Weintraub.

A edição 2020 do Enem recebeu 6,1 milhões de inscrições e 5,7 milhões já estão confirmadas. Nesta sexta-feira (12), está prevista a divulgação dos resultados para as solicitações de atendimento especializado. A publicação é individual na Página do Participante e, para casos de indeferimento, o Inep abrirá o prazo de 15 a 19 de junho para interposição de recurso.

Tags: Enem, data enem, MEC