Festival da Virada

Assaltante é preso na Virada Salvador após ser flagrado por câmeras

André Luís Alves Gama, 43 anos, está roubando pessoas próximo ao palco da festa

Redação Correio 24h

Um assaltante foi preso na noite desta sexta-feira (29) no Festival Virada Salvador após ser identificado em imagens de vídeo das câmeras de segurança montadas na festa. André Luís Alves Gama, 43 anos, foi conduzido até a Central de Flagrantes e autuado por roubo. Outros cinco criminosos foram presos no segundo dia da festa.

Foto: Divulgação/SSP
André Luís roubou dinheiro e cartões de crédito próximo ao palco da festa. Policiais disfarçados efetuaram a prisão após características e o local da ocorrência serem observados pela equipe de videomonitoramento da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

"Rapidamente, com a ajuda do equipamento tecnológico, conseguimos tirar de circulação este assaltante", afirmou o comandante do Policiamento na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Atlântico, coronel Francisco Kerjean.

Monitoramento
A movimentação do público é filmada por quinze câmeras da SSP instaladas dentro da festa e no entorno. O equipamento é utilizado em festas populares desde 2013 e foi empregado nas copas do Mundo e das Confederações e nas Olimpíadas.

As imagens capturadas são monitoradas em um caminhão do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR). A informação é repassada, via rádio, para as patrulhas.

"É um trabalho silencioso e eficiente. Ficamos catando, como diz o ditado, agulha no palheiro e achamos. Muitas ocorrências são evitadas com as tomadas de decisões apoiadas nas imagens", explica o coronel Marcos Oliveira, superintendente de Gestão Tecnológica e Organizacional da SSP.

Central de Flagrantes
Outros cinco criminosos foram presos em flagrante por equipes das forças de segurança estaduais e autuados, na Central de Flagrantes da Polícia Civil, no segundo dia de festa, no bairro da Boca do Rio. Ao todo, foram registrados 23 furtos e um roubo.

"Com o excelente trabalho feito nos Portais de Abordagem, evitando a entrada de armas de fogo e de objetos perfurocortantes, utilizados nos roubos, os criminosos têm praticado os furtos. Eles aproveitam a boa fé e distração para subtrair os bens sem as vítimas perceberem", afirmou a diretora do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), Fernanda Porfírio.