Festival da Virada

Hotéis lotados: só Stella Maris, Paralela e Itapuã têm vagas para o Réveillon

Trade turístico espera alcançar 100% de ocupação para a virada do ano em Salvador

Júlia Vigné, do Correio 24h
A estimativa de ocupação hoteleira de 100% feita pelo trade turístico está sendo confirmada em Salvador: os hotéis mais próximos da Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, como os de Ondina, Barra, Armação, Rio Vermelho e Corredor da Vitória, por exemplo, já estão todos completamente reservados. As vagas que ainda restam, na capital baiana, de acordo com o trade turístico, estão em Stella Maris, Itapuã e na região da Avenida Paralela.
“O trade possui 42 mil leitos. Nos últimos três anos, nós ficamos com 95% de ocupação no período do Réveillon. Este ano, nós esperamos ficar com 100% e já vemos isso na prática, com a reserva de diversos hotéis completamente”, afirmou Silvio Pessoa, presidente da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (FeBHA). Para Pessoa, o sucesso da ocupação se dá por conta das diversas atrações do Festival Virada Salvador que, além de gratuito, tem fácil acesso.
O presidente da FeBHA ainda ressalta que cerca de 50 áreas da economia são atingidas com a vinda de turistas para Salvador. “Não é apenas hotéis e transportes. O produtor de lençol, de ar-condicionado, de colchão, de maquinário, todos eles são impactados com essa maior movimentação”, afirmou. Os mais beneficiados, no entanto, são as áreas de hotelaria, transportes, restaurantes e lojas, de acordo com ele.
O presidente do Conselho Baiano de Turismo (CBTur), Roberto Duran, destaca que outras formas de hospedagem estão sendo buscadas pelos turistas que estão vindo para Salvador durante o período: aluguel de residência, hospedagem e casa de familiares e amigos, aplicativos de aluguel por temporada, entre outros.
“Isso fica evidente quando se vê o volume maior de turistas na cidade. Devemos chegar a 98% ou um pouco mais, mas essas outras áreas também estão sendo impactadas”, ressaltou.
Além do Festival Virada, as festas de Réveillon particulares também estão atraindo turistas para a cidade, de acordo com ele. “Diversos hotéis que estão promovendo as festas de Ano-Novo estão com a ocupação em 100% por conta do evento”, disse.